"sedare dolorem divinum est"

   "Ter saúde é manter-se em equilíbrio e usar todo o potencial do seu organismo em busca da felicidade, vivendo o presente sem prejudicar o futuro".
               
     Este é um conceito de saúde mais amplo, prático e abrangente. Usá-lo no dia a dia implica uma mudança de comportamento e atitude compatíveis com uma qualidade de vida melhor.  Não é algo que se consegue da noite para o dia mas deve ser colocado como uma meta, perfeitamente exeqüível a partir do momento em que direcionamos nossos esforços.  Isso não é lá  muito fácil, se considerarmos os fatores genéticos e o meio ambiente que nos influenciam a todo instante. Começa-se por fazer um check-up da atual situação, física, psíquica, emocional, profissional e familiar.  Em seguida a pessoa deve estar bem orientada no tempo (idade) e no espaço (onde vive), conhecer seus antecedentes familiares, seus gostos e sonhos que gostaria de ver realizados.
   
     Seja realista
, mas nunca deixe de sonhar.  Observe os níveis de comprometimento na comunidade onde vive, a interdependência, a exposição aos fatores de risco e o que se pode fazer para evitá-los ou pelo menos diminuí-los.  Tente visualizar quantas pessoas seriam beneficiadas com o seu progresso?  Relacione os recursos disponíveis, tempo, dinheiro, habilidades e sua área de conhecimento específico. Alguns recursos costumam ser limitados enquanto outros podem ser alocados, ou são mais abundantes ou até inesgotáveis como é o caso do conhecimento científico, que está sempre evoluindo e pode ter uma aplicação prática imediata. Finalmente deve-se fazer um planejamento estratégico que permita um crescimento sadio, mesmo que seja lento, mas gradual. Não abra mão de ser feliz. Nunca é tarde para ir em busca da felicidade.  Às vezes é interessante escolher um caminho onde não tenha que enfrentar muita oposição, o que pode ser extremamente desgastante e infrutífero.  Enquanto isso, sua meta deverá levá-lo a uma posição mais  confortável e de baixo
custo, com pena de se tornar insustentável a manutenção depois de atingida.


      O tempo é o fator mais importante no encontro da boa assistência médica. Agora ela começa on line. E a qualidade é determinante na relação custo/benefício.

             Sem saúde,  pequenas dificuldades do dia a dia parecem  muralhas intransponíveis. Sem saúde não se vai a lugar nenhum. Estamos falando de saúde física e mental. O menor déficit de qualquer uma das duas, se não for compensado, tende a levar o organismo ao desequilíbrio .  A dor é o sintoma mais freqüente e precoce nesse  desequilíbrio que chamamos de doença.  Geralmente ela começa com um pequeno desconforto, pode ser aguda ou se tornar crônica.
         
           
A história da humanidade tem atribuído à dor física ou moral significados e estigmas que vão do castigo divino ao aperfeiçoamento do ser.  A tolerância à dor tem sido prova de coragem, forma de expiação de culpas e pecados, passagem obrigatória para o amadurecimento e expressão de amor e dignidade.  No terceiro milênio, finalmente, é reconhecido o sentido real da dor, fenômeno que causa desconforto, prejudicando as atividades pessoais, sociais, profissionais do indivíduo, é causa e efeito de males físicos e psíquicos com diversos graus de gravidade.  Se, por um lado perdeu seu conteúdo poético, por outro, a dor continua sendo um dos temas mais instigantes da ciência, objeto de estudos cada vez mais profundos e sofisticados.

           
Muitas urgências médicas poderiam ser evitadas, se houvesse um cuidado preventivo, seja no trânsito, no trabalho ou na prática de esportes. As urgências médicas se caracterizam pela imposição do pronto atendimento, e muitas vezes não há por perto, pessoal habilitado ou equipamentos de  suporte à vida.   É sempre possível dar alguma ajuda inicial -- estancar uma hemorragia em casos de ferimentos, desobstruir a boca para permitir a respiração ou  imobilizar o corpo da vítima em casos de traumatismo.  Estas são algumas  medidas úteis enquanto se providenciam melhores condições de atendimento.  Por isso é importante contar com excelentes profissionais e utilizar de toda tecnologia, seja na prevenção,  manutenção ou recuperação da saúde.   

           
A Anestesiologia é uma especialidade médica que reúne profissionais de alto nível acadêmico, com curso de especialização e treinamento com duração de dois a quatro anos após o curso médico.  No seu dia a dia, estes profissionais aplicam anestesia em pacientes internados para fazer cirurgia ou exames diagnósticos; tratam pacientes com dor crônica,  atendem urgências no P.S. (Pronto Socorro) e  na  U.T.I. (Unidade de Tratamento Intensivo).  A presença do anestesiologista é portanto imprescindível na avaliação e conduta de todo paciente que irá se submeter a intervenções, seja em ambiente hospitalar ou mesmo ambulatorial.

           
O Objetivo deste site é aprimorar o nosso método de trabalho.  Ao expor as nossas idéias e discutir as dúvidas mais freqüentes, estamos em contínuo aperfeiçoamento,  ampliando nosso relacionamento com colegas de outras especialidades e conhecendo melhor nossos clientes e suas necessidades. Queremos ser o  melhor grupo de médicos com conhecimento em abordagem e tratamento da dor,  a qualquer hora do dia ou da noite.  Esta é a nossa especialidade.   

         
O nosso e-mail está bem acima, à direita,  e estamos prontos a ouvir críticas e/ou sugestões. Também estamos dispostos a tentar esclarecer outras questões e dúvidas que possam surgir, sempre com o intuito de prestar o melhor serviço. 

   Saúde  Histórico    Terapêutica | Eventos | Cuidados de Enfermagem | Biografia | Dúvidas mais comuns  Avaliação Pré-